XD Classificados Facebook Twitter

Eventos

imagem

Miloart Produções

A Miloart Produções.

imagem

Boa Chama Gás E Água

Qualidade com garantia.

imagem

Xerém Eletromóveis

A entrega.

imagem

Mary Podóloga

Tudo para seus pés.




Eventos

foto

Foto: Guilherme Pinto / Extra

Cia Sol sem Dó promove encontro entre artistas populares e palhaços em Caxias

Cia Sol sem Dó fará apresentação no Marrentão em Xerém


A partir do próximo dia 28, Duque de Caxias se transforma em capital do riso. A Companhia Sol sem Dó inicia a quarta edição da sua Mostra Sete Dias, com encontro entre artistas populares e palhaços em eventos espalhados pelos quatro distritos da cidade. O objetivo é reunir artistas e pesquisadores do Brasil que desenvolvem trabalhos ligados ao universo da palhaçaria.

— A gente não tinha nenhuma referência desse mundo aqui em Caxias. É um evento para ajudar na formação de novos artistas, e também uma forma de ocupar diversos espaços públicos por aqui — diz Letícia Lisboa, de 24 anos, mais conhecida como palhaça Neca de Pitibiriba.

A programação do festival é variada e inclui oficinas de palhaçaria e teatro, cortejos, sarau, musicais, além de outras performances cênicas (confira a programação abaixo).

Apesar de todas as atrações serem gratuitas, o evento servirá para que a companhia arrecade fundos, através de doações voluntárias, para a construção do seu centro cultural, no Centro de Caxias. Os integrantes já possuem um imóvel, entretanto, precisam fazer obra no local.

— Vivemos da arte. Por incrível que pareça, nossa maior renda vem do chapéu que a gente passa nesses eventos e até no trem — lembra Luciana Borges, de 44 anos, a palhaça “Deu ruim”.

‘Uma sociedade que não sorri é doente’

Rodolpho Sanchez - palhaço bolonhesa, de 28 anos

“Vim para o Rio em fevereiro fazer a minha formação na Escola Livre de Palhaço, que é a única do Brasil. Lá, conheci a Sol sem Dó, através da Letícia (Lisboa). Desde então, comecei a participar do grupo e a fazer a minha arte como palhaço. Arrancar sorriso das pessoas deveria ser tratado como saúde. Uma sociedade que não sorri é uma sociedade doente. Nosso papel é dar esse suspiro, essa alegria para as pessoas”.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

Dia 28

Festa de abertura, a partir das 20h, com trio de forró, DJ, pernas de pau, malabares, entre outros. O encontro será no Gomeia Galpão Criativo, na Rua Doutor Lauro Neiva 32, Jardim 25 de Agosto.

Dia 29

Oficina de máscaras na Biblioteca Leonel de Moura Brizola, na Praça do Pacificador, no Centro de Caxias, às 13h.

Dia 30

Oficina de sensibilização artística para crianças e oficina de bambolê, no estádio Marrentão, em Xerém, às 16h.

Dia 31

Cortejo no trem (Central-Saracuruna), terminando com um espetáculo na Praça de Saracuruna, a partir de 13h.

Dia 1º de novembro

Oficina de iniciação aos malabares, além da peça “Pequeno Circo do Sol”, no Museu Vivo do São Bento, às 14h.

Dia 2 de novembro

Oficina de palhaçaria feminina, das 10h às 17h. O local ainda será definido.

Dia 3 de novembro

Sarau de fertilização de ideias e ações, na Praça do Januário, no Centenário, às 10h.

Fonte: Igor Ricardo / Extra

27 de Outubro de 2017

15:44:17

compartilhe

Contador: 000143


imagem

Restaurante & Pizzaria Disk Pizza Mantiquira

A melhor Pizza de Xerém.

imagem

Transporte Escolar & Universitário Xerém Caxias & Petrópolis

Transporte.

imagem

Phoenix Cell

Concerto e Desbloqueio.

imagem

Dual Beauty Salão De Beleza Estética & Spa

Dual Beauty.