XD Classificados Facebook Twitter

Notícias

imagem

Planeta Animal Casa De Ração

Rações, Medicamentos, Materiais de Pesca.

imagem

Delícias Do Norte

Música ao vivo com:
Ambiente totalmente familiar.

imagem

Tallis Toldos

Toldos e Coberturas.

imagem

La Belle Café & Restaurante

Trabalhamos com sorvete
casquinha,milk shake,
sundays e outros.


Notícias

foto

Washington Reis

Foto: Cléber Júnior / Extra

Maioria do TRE vota pela cassação de Washington Reis, mas sessão é suspensa

Reis disse que irá recorrer de decisão, caso seja condenado


Por causa de um pedido de vista, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) suspendeu, na noite desta quarta-feira, a sessão de julgamento para a cassação do prefeito de Caxias, Washington Reis, e seu vice, Marcos Elias Freitas Pessanha Moreira, o Marquinho Pessanha (PRP). A sessão foi interrompida tendo quatro votos (de um total de sete) para a cassação da chapa eleita — apenas uma desembargadora votou a favor de Reis. Mesmo com a maioria a favor do afastamento do prefeito, o TRE explicou que é preciso esperar o fim do julgamento, já que os desembargadores podem mudar seu voto.

Ainda não há data para que a sessão de cassação de Reis aconteça novamente. Se for condenado, ele e seu vice podem perder os cargos e podem ocorrer novas eleições.

Em março deste ano, a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) pediu a cassação da chapa eleita na cidade por causa de uma condenação sofrida pelo prefeito no Supremo Tribunal Federal (STF) por crime ambiental. Reis foi condenado a mais de sete anos em regime semiaberto e ao pagamento de multa por obras em um loteamento em Xerém.

A assessoria de Reis disse que ele vai aguardar a decisão, mas que, em caso de condenação, entrará com recurso, já que se considera inocente das acusações.

CONDENADO PELO STF

Reis já foi condenado, por unanimidade, pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou irregular a divisão de terrenos vendidos ao então deputado para a construção de um loteamento em Xerém, no entorno da Reserva do Tinguá.

As obras foram iniciadas em 2003 e incluíram corte de vegetação em encostas e área de preservação permanente e a terraplanagem em beira de rio, desviando o curso da água, de acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF).

Fonte: Igor Ricardo / Extra

04 de Agosto de 2017

08:59:06

compartilhe

Contador: 000637

imagem

Delícias Do Norte

Música ao vivo com:
Ambiente totalmente familiar.

imagem

Miloart Produções

A Miloart Produções.

imagem

Glamourosa Nail Art

Películas de Unha.

imagem

Tallis Toldos

Toldos e Coberturas.