XD Classificados Facebook Twitter

Notícias

imagem

Colégio Cenic

imagem

Genesis Beneficios


SEU CARRO PROTEGIDO.

imagem

Drogarias Legítima

Faça seu Pedido.


Notícias

foto

Ong Sinal Do Vale, Localizada No Bairro Santo Antônio

Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo

Em Caxias, ONG Sinal do Vale promove regeneração da natureza com oficinas


Uma área de beleza exuberante, com quase dois quilômetros quadrados, e disseminadora de conhecimento. Esta é a proposta da ONG Sinal do Vale, localizada no bairro Santo Antônio, em Duque de Caxias. Criada há sete anos pela empreendedora social Thaís Corral, a ONG é definida por ela como uma escola viva.

— Quando se fala sobre sustentabilidade, é sempre uma meta para o futuro. Mas a gente sabe que não se chega a ela, caso não exista processo de transição feito no tempo atual. É isso que a gente promove, um processo onde nós vamos melhorando, pouco a pouco, como ser humano — pontua.

Para chegar ao Sinal do Vale, é preciso passar por um caminho estreito de terra batida, saindo da Rodovia Washington Luís, um pouco antes de Xerém. São cerca de 15 minutos de subida em meio à natureza. Na ONG, é possível participar de cursos, oficinas, passeios e até mesmo se hospedar em uma das 12 casas construídas no local.

— Nós atuamos dentro do contexto da Baixada Fluminense, ancorados em um cenário de falta de infraestrutura, com jovens sem oportunidades de trabalho, com educação pública precária e sem consciência ambiental. Mas, apesar disso, estamos em uma região superimportante entre a Baía de Guanabara e várias unidades de conservação — explica Thaís.

Ainda segundo a coordenadora do Sinal do Vale, o objetivo do grupo é buscar soluções para os principais problemas da região, como, por exemplo, a geração e o descarte inadequados de lixo, degradação do solo, desmatamento de matas, poluição de nascentes e o não aproveitamento de alimentos locais.

Entre as atividades realizadas pela ONG Sinal do Vale estão ações educativas com crianças e adolescentes da região. Luana Cavalcante, de 35 anos, uma entre os mais de mil voluntários que já passaram pelo local nos últimos anos, nasceu na Suíça e veio para o Brasil há 12 anos.

Depois de morar no Ceará, ela se mudou para o Sinal do Vale em 2014, onde coordena eventos realizados em parceria com as escolas públicas e privadas da Baixada Fluminense. Em 2015, participou do projeto Cidadãos Ativos, iniciativa de empoderamento de jovens para que eles se tornem verdadeiros líderes locais.

— Aqui a gente trabalha a sabedoria para o desenvolvimento do ser. Eu mudei muito, vim para cá após uma reflexão sobre o que eu queria fazer da minha vida — explica Luana, que também organiza oficinas de mosaicos com os alunos.

Jovens interessados em aprender sobre sustentabilidade e se tornarem agentes de transformação podem participar de uma verdadeira imersão na natureza, com direito a refeições, passeios e palestra. É preciso organizar grupos de, no mínimo, 12 integrantes. O preço é R$ 120 por pessoa.

No terceiro sábado de cada mês, a culinarista natural Simone Oliveira, de 54 anos, dá um curso para quem quer aprender a se alimentar de forma saudável, sem desperdícios. Interessados em participar pagam R$ 200 pela aula, das 9h às 15h. O preço inclui café da manhã, almoço, apostila e livro de receitas. A próxima turma acontece no dia 19 deste mês, com inscrições abertas pelo Facebook da ONG.

— A culinária regenerativa visa a minimizar o máximo possível a geração de lixo na cozinha. Nós precisamos ter sempre uma escolha consciente dos alimentos. Para onde vai o que a gente não come? Quando escolhemos fazer um molho a partir dos frutos orgânicos da terra, não geramos lixo, já que as cascas podem virar adubo — explica Simone, que está trabalhando na ONG há cerca de um ano e meio.

Um dos grandes destaques do curso é a jaca, abundante no Rio e pouco valorizada, segundo a culinarista. Ainda de acordo com Simone, as opções de utilização são muitas:

— Dá pra fazer um escondidinho com a jaca verde, que fica parecendo carne. A semente a gente pode torrar e triturar, fica semelhante a nossa farinha de milho, originando um bolo maravilhoso — diz.

Outra iniciativa organizada pela ONG é o projeto Vila Limpa, realizado com moradores do bairro Santo Antônio. Após uma pesquisa com os residentes locais, foi identificada a dificuldade de se encontrar lixeiras para o descarte adequado dos resíduos. Por isso, com o apoio das empresas Amil e Safran, a instituição mandou construir seis lixeiras compactas que serão instaladas nas próximas semanas. A moradora da região Letícia Rocha, de 36 anos, é voluntária na ONG e atua como um elo entre a população local e a entidade.

— A pesquisa foi feita em todo o bairro, com os cerca de dez mil moradores. Em um primeiro momento, há uma certa desconfiança em relação à ONG, pois muitas pessoas não conhecem a instituição. Mas nós precisamos dos moradores, eles é que vão dar continuidade ao projeto — diz Letícia.

A ONG tem três certificações ambientais. A mais recente, conquistada no fim do ano passado, tornou o Sinal do Vale um posto avançado de reserva da biosfera da Mata Atlântica, bioma de floresta tropical que abrange boa parte da costa brasileira. O título foi concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

As outras duas conquistas são o The Long Run Destination — certificado dado a instituições que tenham comprometimento com a sustentabilidade e demonstrem que os recursos são gerenciados sustentavelmente — e a entrada da ONG dentro de uma rede global de lugares de transformações, promovida pela Fundação BMW.

— Ninguém pensa na Baixada Fluminense como um local de turismo, como uma região rica em recursos. Trouxemos uma nova perspectiva, uma forma de turismo de transformação.

Os preços para se hospedar vão de R$ 300 a R$ 700 a diária, incluindo todas as refeições, variando de acordo com as acomodações e a época do ano.

Fonte: Diego Amorim (Extra)

15 de Janeiro de 2019

08:40:05

compartilhe

Contador: 000186

imagem

Hotel Fazenda Sonho Meu

Imagine um lugar onde pode andar
de pé no chão.

imagem

Yes- Unidade Xerém

imagem

Max Cartuchos Informática & Recarga De Toner

O maior especialista em recarga de Cartuchos e Toner da localidade.

imagem

Reformas E Acabamentos Barcelos

SOMOS ESPECIALIZADOS EM REFORMAS E ACABAMENTOS EM GERAL.